• Ajude-nos a Alimentar as Famílias de Portugal
quinta-feira, 09 maio 2024 17:17

Posto Médico avançado da Cruz Vermelha disponível para receber doentes já esta sexta-feira

 

A Cruz Vermelha Portuguesa (CVP) iniciou na manhã desta quinta-feira, 9 de maio, a preparação do Posto Médico Avançado (PMA) na ilha de São Miguel. Os primeiros doentes poderão ser recebidos já esta sexta-feira, 10 de maio.

Esta operação responde à solicitação feita pelo Governo Regional dos Açores à CVP, após o incêndio no Hospital do Divino Espírito Santo.

Um total de 20 voluntários da CVP têm estado envolvidos na montagem do PMA, que ficará instalado no Pavilhão Municipal Carlos Silveira, em Ponta Delgada. Esta operação logística, com 12 tendas, garantirá o funcionamento de uma enfermaria completa, assegurando a resposta de saúde regional nos Açores.

Está prevista uma capacidade instalada, nesta primeira fase, para acolher 30 doentes e ainda mais quatro em situação de isolamento. Contudo, a entrega de mais dez tendas vindas do continente, e que ficarão após esta operação em permanência na região, permitirá a possibilidade de duplicar para 60 o número de doentes.

Este apoio da CVP permitirá, assim, um aumento da capacidade de resposta no arquipélago relativamente a este material logístico, fortalecendo a autonomia futura dos Açores.

Com a pronta instalação do Posto Médico Avançado na ilha de São Miguel, a Cruz Vermelha Portuguesa reafirma seu compromisso inabalável de estar ao lado das comunidades mais afetadas em momentos críticos. A abertura iminente deste posto, já apto a receber os primeiros doentes nesta sexta-feira, é um testemunho da nossa eficácia e prontidão em responder a emergências. Esta nova estrutura não apenas responderá às necessidades urgentes surgidas após o incidente no Hospital do Divino Espírito Santo, mas também reforçará a resiliência logística dos Açores para enfrentar futuras contingências. É com orgulho que destacamos, além do socorro imediato, o fortalecimento contínuo das capacidades das comunidades locais, um pilar essencial da nossa missão na Cruz Vermelha”, refere António Saraiva, Presidente Nacional da Cruz Vermelha.

 


Partilhar
Powered by jms multisite for joomla